PREÂMBULO

 

      Atanásio foi um dos maiores e mais ilustres Padres e Doutores da Igreja: batalhador insuperável na defesa do Credo de Nicéia e pilar monumental e indestrutível da ortodoxia cristã. Revelou-se como um baluarte inexpugnável de defesa da consubstancialidade do do FILHO com o PAI CRIADOR, e consequentemente, o mais determinado protetor da Divindade de JESUS, o LOGOS ETERNO. Lutou com energia e incansavelmente contra todas as heresias que infestavam a Igreja, combatendo de modo decisivo e admirável a heresia ariana que além de perigosa, trouxe muita confusão a mente de cristãos bem intencionados.

      Aqui, são lembradas algumas passagens importantes e sugestivas da atuação do Bispo Atanásio, assim como, muitos dos seus preciosos conselhos e sua atuação a frente da Igreja da Alexandria, no Egito. Também são mencionados alguns trechos de suas obras e um resumo da Vida do eremita Santo Antão, seu grande amigo, a qual ele escreveu minuciosamente, colocando em realce a sua impressionante e corajosa obra, que também divulgamos, algumas partes importantes, para conhecimento e apreciação de todos, primordialmente para que seja louvada a existência e as qualidades daquele famoso Santo eremita.

      Antão era seu conterrâneo, ou seja, também nasceu no Egito. Desde jovem, cultivou o silêncio e a contemplação, dedicando sua existência as orações e ao estudo das Obras do SENHOR. Sua santidade brilhou ao longo de uma vida eremítica, fazendo o bem e divulgando a verdade cristã. Em suas orações sempre intercedeu junto a DEUS em favor dos necessitados, alcançando do SENHOR milagres excepcionais para alegria e consolo de todos que tinham uma fé viva em DEUS.

      Santo Antão era respeitado e amado por todos, até pelos nobres, que apreciavam a sua postura, a dignidade das atitudes e sua notável sabedoria.

      Desse modo, o Apostolado querendo recordar a Vida e Obra destes dois Santos da Igreja, extraiu da Patrística Cristã, as informações mais importantes, que traduzem de modo evidente a maravilhosa santidade dos dois, a fim de que a fidelidade e a extremosa confiança que cultivaram no Amor e na Providência do SENHOR, em todas as circunstâncias, sirvam de exemplo para os corações de boa vontade, infundindo-lhes a convicção de que DEUS é PAI e jamais deixa de atender ou socorrer um de seus filhos, que necessitando, buscam a Sua tão querida e inefável proteção.

 

 

APOSTOLADO DOS SAGRADOS CORAÇÕES

http://www.apostoladosagradoscoracoes.com/

 

Próxima Página

Retorna ao Índice