(Para ouvir a música clique aqui)

 

CRISTO, quero ser instrumento,
De tua paz e do teu infinito amor
Onde houver ódio e rancor
Que eu leve a concórdia
Que eu leve o amor!

 (Estribilho) Onde a ofensa que dói
              Que eu leve o perdão
              Onde houver a discórdia
              Que eu leve a união e tua paz!

Onde encontrar um irmão
A chorar de tristeza
Sem ter voz e nem vez,
Quero bem no seu coração
Semear alegria, pra florir gratidão!

 (Estribilho) Onde a ofensa que dói
              Que eu leve o perdão
              Onde houver a discórdia
              Que eu leve a união e tua paz!

Mestre, que eu saiba amar
Compreender, consolar
E dar sem receber!
Quero sempre mais perdoar,
Trabalhar na conquista,
Da vitória e da paz!

 (Estribilho) Onde a ofensa que dói
              Que eu leve o perdão
              Onde houver a discórdia
              Que eu leve a união e tua paz!

 

Retorna ao Índice das Músicas