No Nº 1 , pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos DEUS, NOSSO SENHOR, dos nossos inimigos. Em nome do PAI, do FILHO e do ESPÍRITO SANTO. Amém.

No Nº 2 - CREDO - Creio em DEUS PAI Todo-Poderoso, Criador do Céu e da Terra; e em JESUS CRISTO, seu único FILHO, NOSSO SENHOR, que foi concebido pelo poder do ESPÍRITO SANTO, nasceu da Virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos Céus, está sentado à direita de DEUS PAI Todo-Poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no ESPÍRITO SANTO, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

No Nº 3 - AVE MARIA - Reza-se três AVE MARIA em honra a SANTÍSSIMA TRINDADE: AVE MARIA, cheia de graça, o SENHOR é convosco; bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do Vosso ventre, JESUS. Santa Maria, MÃE DE DEUS, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

No Nº 4 - Anuncia-se o MISTÉRIO DOLOROSO

1º Mistério - Contemplamos a Oração ao SANTO PAI e a Agonia de JESUS no Horto

Meditando: NOSSO SENHOR se ofereceu aos desígnios do PAI Eterno, que aceitou a oferta de sacrifício e a obediência de seu Divino FILHO, pela Redenção e Salvação da humanidade de todas as gerações. JESUS anteviu as acerbas e terríveis dores que LHE estavam reservadas, por causa de nossos pecados, de nossas transgressões, das misérias, sacrilégios, maldades e ingratidões da humanidade. Tão acabrunhadora foi esta visão que ELE suou sangue e abismou o seu espírito numa tristeza mortal. Mas afastou o desânimo e permaneceu de pé, corajosamente decidido a entregar a sua Vida na Cruz, era sua missão, para ela ELE tinha vindo a fim de cumprir a vontade do PAI ETERNO e alcançar a nossa Salvação.

No Nº 5 - PAI NOSSO - PAI nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome; venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

No Conjunto do Nº 6 - Reza-se Dez (10) AVE MARIA, nas contas do Terço, meditando sobre o Mistério.

No intervalo Nº 7 - GLÓRIA - Glória ao PAI, ao FILHO e ao ESPÍRITO SANTO. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém

E mais - 1ª JACULATÓRIA - Ó meu JESUS, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, socorrei principalmente as que mais necessitarem e abençoai o Santo Padre.

E mais - 2ª JACULATÓRIA - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

No Nº 8 do Terço anuncia-se - 2º Mistério - Contemplamos a Flagelação de JESUS

Meditando: Assumindo voluntariamente as nossas culpas, JESUS se sujeitou ao humilhante e vergonhoso castigo da flagelação, que era reservado aos escravos. Dois homens postados um de cada lado, despojou-o das vestes e o amarraram numa coluna do lado externo do Tribunal Romano. Munidos com um chicote especial usado pelos romanos, O açoitaram de maneira cruel e impiedosa, como se ELE fosse um malfeitor. ELE resistiu heroicamente aquele abominável suplício, mas o seu Divino Corpo ficou completamente dilacerado e derramava o seu precioso Sangue.

E na conta isolada seguinte rezar - PAI NOSSO - PAI nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome; venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

E segue rezando do mesmo modo até o final do Terço.

Reza-se Dez (10) AVE MARIA, nas contas do Terço, meditando sobre o Mistério.

GLÓRIA - Glória ao PAI, ao FILHO e ao ESPÍRITO SANTO. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém

1ª JACULATÓRIA - Ó meu JESUS, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, socorrei principalmente as que mais necessitarem e abençoai o Santo Padre.

2ª JACULATÓRIA - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

3º Mistério - Contemplamos JESUS Coroado de Espinhos

Meditando: Não satisfeitos com a flagelação, seus algozes levaram-NO para o Pretório, puseram-LHE uma capa escarlate e com zombarias, ajoelhavam diante DELE evocando o seu título de Rei. Escarnecendo e fazendo mofas, inventaram especialmente para ELE que era um Rei, uma Coroa de Espinhos e a colocaram em sua Cabeça. O feitio da Coroa cobria toda a calota craniana, desde a testa até a parte posterior, como se fosse uma boina. Repleta de pontas de espinhos a Coroa foi colocada com força, fazendo com que as afiadas pontas dos espinhos penetrassem fundo, na testa e no couro cabeludo, dilacerando e rasgando a sua carne, fazendo-a sangrar. E sempre pilheriando, colocaram um caniço na sua mão direita, era o cetro que não podia faltar ao Rei. E como JESUS não reagia, imprimiram maior violência, agora dando-LHE pontapés nas pernas, escarrando e cuspindo em seu Divino Rosto, além de socos brutais, ferindo e machucando o seu Corpo e a sua Sagrada Face.

PAI NOSSO - PAI nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome; venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Reza-se Dez (10) AVE MARIA, nas contas do Terço, meditando sobre o Mistério.

GLÓRIA - Glória ao PAI, ao FILHO e ao ESPÍRITO SANTO. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém

1ª JACULATÓRIA - Ó meu JESUS, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, socorrei principalmente as que mais necessitarem e abençoai o Santo Padre.

2ª JACULATÓRIA - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

4º Mistério - Contemplamos JESUS carregando sua Cruz a caminho do Calvário

Meditando: A Cruz é um antigo instrumento bárbaro de suplício, usado por vários povos para executar os condenados a morte. A parte vertical chama-se "estipe" e a horizontal "patíbulo". Deram a JESUS o patíbulo de sua Cruz , um grosso pau com cerca de 2,50 metros de comprimento, pesando aproximadamente 40 quilos. ELE o apoiou no ombro direito e sem manifestar qualquer aborrecimento pelo terrível suplício e os maus tratos, abraçou a sua Cruz e seguiu o caminho em direção ao Calvário. Alguns gritavam imprecações e xingamentos contra ELE, enquanto outros, penalizados, choravam e lamentavam o seu sofrimento.

PAI NOSSO - PAI nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome; venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Reza-se Dez (10) AVE MARIA, nas contas do Terço, meditando sobre o Mistério.

GLÓRIA - Glória ao PAI, ao FILHO e ao ESPÍRITO SANTO. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém

1ª JACULATÓRIA - Ó meu JESUS, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, socorrei principalmente as que mais necessitarem e abençoai o Santo Padre.

2ª JACULATÓRIA - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

5º Mistério - Contemplamos a Crucificação e Morte de JESUS na Cruz

Meditando: Chegando ao local da crucificação, JESUS vencido pelo cansaço caiu ao chão. Simão, o Cirineu, que carregava a sua Cruz, deixou-a a seu lado, enquanto os soldados crucificavam os dois ladrões que foram condenados em companhia DELE. Depois vieram a ELE, arrancaram-LHE a veste e pregaram primeiro a mão direita, enfiando com força, um cravo de ferro em seu pulso, enquanto o sangue jorrava dos vasos sanguíneos dilacerados pela brusca penetração. A seguir pregaram a mão esquerda do mesmo modo, com igual brutalidade. Engancharam o patíbulo no estipe e pregaram os seus pés no madeiro, o direito encima do esquerdo, atravessados por um único cravo de ferro. Agora ELE estava definitivamente pregado a sua Cruz, onde morreu para nos Salvar, derramando o seu sagrado Sangue sobre todas as gerações, num batismo precioso que nos Remiu perante o PAI ETERNO e encheu-nos de graças, neutralizando a força do Pecado Original e dos Pecados subsequentes.

PAI NOSSO - PAI nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome; venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Reza-se Dez (10) AVE MARIA, nas contas do Terço, meditando sobre o Mistério.

GLÓRIA - Glória ao PAI, ao FILHO e ao ESPÍRITO SANTO. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém

1ª JACULATÓRIA - Ó meu JESUS, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, socorrei principalmente as que mais necessitarem e abençoai o Santo Padre.

2ª JACULATÓRIA - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Na conta Nº 5 ou na medalha se existir, rezar - SALVE RAINHA - Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida doçura e esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa; esses Vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro mostrai-nos JESUS, bendito fruto de vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.

JACULATÓRIA - Rogai por nós, Santa MÃE DE DEUS. Para que sejamos dignos das promessas de CRISTO.

FINAL DO TERÇO - Em nome do PAI, do FILHO e do ESPÍRITO SANTO. Amém.

 

Retorna ao Índice