APRESENTAÇÃO

 

A maioria dos Santos dos séculos XIV e XV tiveram os seus historiadores na época em que viviam. Santa Rita de Cássia não teve a mesma sorte, os seus hagiógrafos não a conheceram em vida, mas somente através das informações conseguidas em profundas pesquisas realizadas no Mosteiro, com as Irmãs mais idosas, nas Igrejas e nos Cartórios de Cássia. Foi um trabalho minucioso, mas que sem dúvida, foi autêntico e revestido de completo êxito.

Colaborou muito para se encontrar o caminho correto, os estudos dos "Bollandistas"(uma Escola criada em 1643 pelo Jesuíta belga Jean Bolland, cujo objetivo maior era separar os documentos autênticos dos legendários). Importante realçar que "legendários" não significa documentos fantasiosos, mas documentos também verdadeiros, mas impossíveis de serem verificados ou comprovados, porque originários da Tradição, tendo passado de geração a geração verbalmente.

A Vida de Santa Rita de Cássia pode ser apreciada considerando duas partes distintas: uma na alegria da família, na felicidade de seu lar  com seu marido e filhos, enlutada com a morte dos pais, o assassinato de seu marido e o falecimento de seus dois filhos, que a envolveu numa terrível e abominável tensão. Foram acontecimentos que no seu cotidiano atuaram como um impressionante martírio, que a deixou inteiramente só. A segunda parte de sua existência, revelou a grandeza de seu caráter assumindo com dignidade os acontecimentos que lhe envolveram de tristeza, crescendo espiritualmente na direção do SENHOR, aplicando-se em consolar o Coração Divino, por causa dos pecados do mundo, exercitando com empenho a "pacificação" das famílias do seu falecido marido e dos mandantes do assassinato. Rita, mulher corajosa e decidida, soube alcançar os seus objetivos, sobretudo, porque confiou em DEUS, e NELE colocou toda a sua esperança, convencida de que para solucionar as dificuldades do cotidiano, é necessário discernir os dois aspectos de cada questão; primeiro, aquele que você tem meios e raciocínio para resolvê-lo, não ficando de braços cruzados, esperando que "as coisas" aconteçam; segundo, aquele que foge da sua visão, que não tem capacidade nem de imaginar o que pode ocorrer. Este então, com muito amor e confiança, ela colocava nas mãos de DEUS, deixando que o SENHOR atuasse livremente. A Vontade Divina encaminhava os acontecimentos e o feliz resultado desabrochava de maneira simples e direta, sem qualquer perturbação.

Percebe-se que desde criança foi escolhida pelo SENHOR para realizar uma missão específica e por isso também, aconteceram diversos fenômenos que somente são explicados como ocorrências sobrenaturais: o caso das abelhas branca, a cura da mão do camponês, a visita do Anjo da Guarda, a filha da camponesa, a cura da paralisia nas mãos do carpinteiro, os irmãos fratricidas e muitos outros acontecimentos.

Verdadeiramente, somos convidados a crer que Santa Rita de Cássia, nasceu num local determinado pela Providência Divina e recebeu uma especial proteção do SENHOR. Através dela, das suas orações e súplicas, o SENHOR acolhia os pedidos e realizava uma quantidade notável de milagres, que na verdade acontecem até hoje, como resultado da sua poderosa intercessão. Santa Rita tem alcançado de DEUS, também em nossos dias, uma quantidade incontável de benefícios e milagres, em benefício dos pobres, dos necessitados e de todos aqueles que com o coração humilde, sinceramente arrependidos de suas transgressões, buscam a sua preciosa intercessão.

Pela grandeza de seu amor a DEUS e por tudo que realizou, ela foi definida por um anônimo autor do epitáfio colocado no seu sarcófago em 1457, como a "Mulher acima de toda mulher".´

É considerada e amada com muito fervor em toda Itália e em diversos países do mundo, inclusive aqui no Brasil, onde a devoção a Santa Rita de Cássia é demonstrada por uma quantidade notável de Igrejas colocadas sob a sua proteção.

Entre 1937-47 foi construída na cidade de Cássia na Itália, uma grandiosa Basílica Santuário em honra da Santa, tendo participado do projeto numerosos artistas. Por isso mesmo, a cidade de Cássia continua sendo a meta dos devotos da "Santa dos Casos Impossíveis"(como também é denominada), provenientes de todas as partes do mundo.

Esta biografia feita pelo "APOSTOLADO", fundamentalmente foi baseada em duas obras: "RITA DE CÁSSIA" - A Santa dos Casos Impossíveis, escrito por Franco Cuomo, Edições Paulinas, e, "RITA DE CÁSSIA" - A Santa de Todos, escrito por Elena Bergamo, Edições Loyola.

 

APOSTOLADO DOS SAGRADOS CORAÇÕES

http://www.apostoladosagradoscoracoes.com/

 

Próxima Página

Retorna ao Índice